Etanol: usinas e destilarias registram prejuízo de, pelo menos, 10% por litro vendido

22/05/2020
Imagem: Banco de Imagens
Imagem: Banco de Imagens

Os preços de venda do etanol hidratado pelas usinas e destilarias, pela quarta semana consecutiva, estão abaixo de R$ 1,40/litro no Estado de São Paulo. Isso significa, segundo Ricardo Pinto, CEO da RPA Consultoria, que a cada litro produzido e vendido, as usinas e destilarias têm um prejuízo de pelo menos 10%.

"Com os preços neste patamar, os prejuízos estão sendo realizados e, em algum momento, está conta terá de ser paga pelas usinas", adiciona.

Hoje, muitas usinas pagam esta conta mudando o mix para o açúcar, que agora projeta lucro de 18% e 20%, principalmente diante do dólar super valorizado.

"Outras tantas buscam a receita adicional da cogeração, mas o PLD (preço de liquidação das diferenças) vem ficando abaixo de R$ 90/MWh nas regiões Sul, Sudeste e Centro-Oeste. Logo, só os contratos de longo prazo remuneram devidamente a cogeração", destaca Ricardo Pinto.

Ajuda do governo cada vez mais distante
A resposta para o setor sucroenergético sobre o reajuste da Cide e isenção do Pis/Cofins foi dada pelo Governo: não vão sair.

Diante disso, a esperança do segmento é aguardar uma boa linha para financiamento para a estocagem do etanol. A decisão pode dar um pouco mais de fôlego para que algumas companhias continuem sobrevivendo depois de tantos anos de crise.

Fonte: Udop, com informações da RPA News

Imprimir

Indique a um amigo: