Indústrias sucroenergéticas 'ganham' cadeira em câmara federal do setor

O Ceise-BR (Centro das Indústrias do Setor Sucroenergético e Biocombustíveis) terá cadeira fixa na Câmara Setorial da Cadeia Produtiva do Açúcar e do Álcool, do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento.

Portaria publicada nesta semana pelo ministério garantiu à instituição a participação nas discussões. Até então, a direção do Ceise- BR só participava das reuniões como convidada.

A instituição representa fabricantes de máquinas e equipamentos para usinas de etanol e açúcar e a câmara funciona como um corpo consultivo para os poderes Executivo e Legislativo nos assuntos relacionados ao setor.

O presidente do Ceise-BR e titular da cadeira, Antonio Eduardo Tonielo Filho, afirmou, por meio de nota, que esta será “uma oportunidade de chegar mais perto de quem realmente toma as decisões”.

O setor passa por uma de suas piores crises. Em Sertãozinho, onde está a sede da instituição, empresas estão sendo fechadas e funcionários demitidos devido à baixa demanda por máquinas.

O presidente da Câmara é Ismael Perina, também presidente do Sindicato Rural de Jaboticabal. Ele foi eleito para comandar a entidade nacional em agosto deste ano.

Em nota, Tonielo Filho também disse que a nomeação de Perina estreita ainda mais o relacionamento com a entidade por sua proximidade com o setor.

Fonte: Jornal Folha de S. Paulo

Imprimir

Indique a um amigo: